Município monitora questão do coronavírus

A Administração Municipal de São Sebastião do Caí está atenta ao avanço da epidemia do Covid-19, o coronavírus, no País e no Estado. Na manhã desta segunda-feira, dia 16, foi formada uma comissão permanente para acompanhar a situação e definir as atividades eu são coordenadas pelas diferentes secretarias da prefeitura.

Participam do grupo secretários municipais e coordenadores de setor, além do prefeito Clóvis Duarte e do vice-prefeito Luiz Alberto Oliveira. Entre as decisões já anunciadas está a suspensão de toda a agenda do Centro de Cultura até segunda ordem. Nas escolas da rede municipal de ensino, incluindo a Educação Infantil e o Ensino Fundamental, as aulas seguem normalmente, com a situação sendo avaliada diariamente pela equipe da Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Turismo e Desporto (Smectd). Para os grupos de terceira idade, faixa etária considerada de maior risco, a recomendação é de suspender todas as atividades por tempo indeterminado.

Outra definição é a suspensão do Campeonato Municipal de Futebol Sete, que tinha início previsto para o mês de abril. “Essas medidas são preventivas. Estamos monitorando a aproximação do vírus, que fatalmente chegará a região, para tentarmos reduzir ao máximo o contágio e o impacto na vida da comunidade”, aponta o prefeito Clóvis Duarte.

Saúde destaca que apenas casos graves devem ir ao hospital

A Secretaria Municipal de Saúde está se preparando para enfrentar a pandemia do coronavírus mobilizando seus profissionais de saúde e buscando alternativas para poder atender a possível demanda.

“Vale ressaltar que apenas os casos mais graves devem procurar hospitais. Pessoas com sintomas de gripe comum, sem febre alta ou dificuldade de respirar, por exemplo, devem ficar em casa. Isso ajuda a reduzir o contágio e também a sobrecarga do sistema de saúde público”, aponta o secretário municipal de Saúde, Diomar Machado Flores. Ele destaca que a região ainda não teve casos confirmados da doença, mas que isso pode ocorrer em breve. “Por isso a colaboração de todos é importante. Não há razão para pânico, mas medidas restringindo aglomerações são importantes pelo alto poder de transmissão do vírus.” Informações e orientações devem ser obtidas através do telefone 51 3635-2500, ramal 4172, no Setor de Vigilância Epidemiológica.

Promoção da Festa da Bergamota e das Flores em análise

A comissão também definiu que os trabalhos de organização da 22ª Festa da Bergamota e das Flores seguem em seu ritmo normal, mas que analisará os próximos acontecimentos para definir o futuro da promoção. “Vamos manter o cronograma e ver a evolução do avanço do coronavírus até o fim deste mês. Caso a situação se agrave como está sendo previsto pelas autoridades, vamos avaliar a possibilidade de manter a promoção da nossa festa maior ou não”, destaca o secretário municipal de Planejamento e presidente da festa, Fernando Cofferri.