Comércio pode vender pela internet e tele-entrega

Seguindo as flexibilizações feitas pelo governo do Estado com relação às restrições da bandeira vermelha do distanciamento controlado, está autorizado o funcionamento parcial do comércio varejista não essencial. A Prefeitura de São Sebastião do Caí seguirá os novos protocolos, priorizando o combate ao avanço da pandemia do novo coronavírus ao mesmo tempo que busca reduzir os prejuízos impostos para comerciantes e prestadores de serviços.

Estão autorizadas as vendas pela internet e a tele-entrega nas lojas. Dentro dos protocolos exigidos está a obrigatoriedade do uso de máscaras para funcionários e clientes que venham buscar produtos previamente solicitados, distanciamento de 1,5 metro entre as pessoas, uso do álcool em gel e máximo de 25% dos colaboradores trabalhando por turno. “Solicitamos esses avanços como prioridade para a Associação dos Municípios do Vale do Rio Caí (Amvarc) e Consórcio Intermunicipal de Saúde (CIS/Caí) nos recursos apresentados no fim de semana”, destaca o prefeito Clóvis Duarte.

O administrador caiense ressalta que a Região 8, com participação ativa de São Sebastião do Caí, impetrou dois recursos junto ao Estado. “Um deles era para tentar o retorno para a bandeira laranja e outro buscando a operação do comércio de rua conforme o que havia sido permitido aos atacadistas”, completa o prefeito.