Novo decreto regula volta das atividades esportivas

O prefeito Clóvis Duarte assinou na manhã desta quarta-feira, dia 16, o decreto municipal 3.939/2020, que normatiza o retorno das atividades esportivas em São Sebastião do Caí em meio às restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus. O documento estabelece protocolos de segurança sanitária para funcionamento de academias, quadras e canchas esportivas do Município.

No caso das academias e trabalho de personal trainer o decreto exige limitação de 50% da capacidade operacional do estabelecimento e distanciamento mínimo de dois metros entre usuários e funcionários do local, além da disponibilidade de álcool em gel e higienização de todos os equipamentos utilizados. Também fica obrigatório o uso de máscaras pelos usuários e estão proibidas a presença de pessoas dos grupos de risco para a Covid 19 e a prática de atividades com contato físico. Também é exigido pelo decreto a aferição de temperatura dos alunos e que treinos e atividades não ultrapassem uma hora de atividade por aluno ou turma.

O documento também se refere ao retorno das atividades esportivas em ginásios, campos de futebol, praças e outros locais em todo o Município. Devem ser observados protocolos como aferição de temperatura dos participantes e está proibida a presença de público nos ambientes fechados. É vedado o uso dos vestiários para evitar aglomerações. Em locais abertos, é exigida a distância de dois metros entre cada pessoa na parte do público.

Casos suspeitos de Covid 19 devem ser comunicados imediatamente

Uma das mais importantes determinações está na comunicação imediata para a Secretaria Municipal de Saúde de qualquer caso de atleta ou pessoa do público identificado com sintomas suspeitos de Covid 19.

Outra determinação do decreto municipal ao organizadores de competições é a exigência de afixar em local visível e de fácil acesso cartazes alertando sobre a prevenção ao novo coronavírus e as medidas a serem seguidas por todos. Os estabelecimentos devem ser higienizados com álcool 70% e demais produtos desinfetantes para essa finalidade.

Confira a íntegra do decreto municipal 3.939/2020 através do link